Mais que simples reflectir

Mais que simples reflectir

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O texto mágico-dependente




Agora está na altura de demonstrar por palavras o que é, de facto, importante de se dizer, os momentos, as circunstâncias, a paz, o amor... porque eu, sendo optimista sinto o optimismo que me corre nas veias e a boa disposição invadio-me entregando-me o fruto da sorte juntamento com o trunfo de ouros.
E, porque as coisas mesmo boas são para ser saboreadas várias vezes, como outrora eu ouvi num slogan de um anúncio de uma conhecida marca de vinho verde (que por acaso, é bastante bom), é de facto, uma verdade inconstatavelmente certa e, então, seguindo e apoiando essa teoria, a verdade é que se não formos nós a fazer a nossa conta ela não se fará sozinha e enquanto o bem triunfar sobre o mal eu vou continuar a escrever teorias e pensamentos quer me ajudam a reflectir e a ser feliz.


Luís Conceição

3 comentários:

  1. "(que por acaso, é bastante bom)"

    Deixei escapar um grande LOL quando cheguei a esta parte

    ResponderEliminar
  2. parabens meu poeta pensador

    ResponderEliminar